O uso de máscara em crianças menores de 2 anos é contraindicado devido a:


- Salivação intensa

- Vias aéreas de pequeno calibre; - Imaturidade motora. E estes são fatores que aumentam o risco de sufocação. 👦Entre 2 e 5 anos de idade há necessidade de supervisão. Há necessidade de ajustes constantes dos pais? Se houver, o benefício poderá não compensar o risco, portanto, você deve avaliar o grau de maturidade da criança. 👧De 6 a 10 anos: durante as atividades pedagógicas que exigem aproximação, como trabalhos em grupo, é indispensável o uso de máscara. Nesta idade, a criança já sabe realizar o procedimento sob supervisão. 👦Por volta dos 12 anos, a criança já é capaz de compreender todas as instruções necessárias - colocação e retirada da máscara, higiene das mãos e ações preventivas. Vale uma observação: há ocasiões ou lugares onde as crianças não precisam usar a máscara como em locais ao ar livre - quadras, quintais, jardins, pátios, praças – desde que fiquem a pelo menos 2 m de distância de outras pessoas. As crianças são beneficiadas no uso das máscaras em ambientes com distanciamento menor de 2 m de outras pessoas como: clínicas, consultórios, farmácias e supermercado. Se possível, vá sem as crianças nestes locais. Orientação sobre o uso de máscara: - Adapte a máscara ao tamanho do rosto da criança e certifique-se que está confortável; - As crianças aprendem com a repetição, educação e exemplos de maneira calma, alegre e natural; - Lave a máscara com água e sabão abundantes e deixe de molho em solução sanitária (1 colher de sopa para 500 ml de água) por 30 minutos. Após secagem, passar ferro quente em ambos os lados, armazenando em saco plástico limpo; - Ensine as crianças a tossir e espirrar com lenço de papel ou no braço e cotovelo (vampirinho).

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes